Notícias

NomeA GNR tem uma linha SOS
Data2019-01-22 00:00:00 +0000
Imgem noticia 2
Texto 1
A Guarda Nacional Republicana (GNR) tem em marcha uma linha SOS para comunicações relativas à vespa velutina, vulgo vespa-asiática, que tem aumentado nos últimos anos em Portugal.
 
Segundo aquela força, qualquer deteção ou a suspeita de existência de ninho ou de exemplares deste tipo de vespa deverá ser comunicada através da linha SOS Ambiente e Território (808 200 520). Aquela polícia encaminha posteriormente o avistamento para os serviços municipais encarregues de destruição dos vespeiros.
 
COMO RECONHECER UMA VESPA VELUTINA?
 
• É uma vespa de grandes dimensões, pode ultrapassar os 2,5 cm, os zangões podem ir até aos 3 cm;
• A cabeça é preta com face laranja/amarelada;
• O corpo é castanho-escuro ou preto aveludado, delimitado por uma faixa fina amarela com um único segmento abdominal amarelado-alaranjado;
• As asas são escuras, e as patas castanhas com as extremidades amarelas originando assim a sua designação de “vespa das patas amarelas”;
• A área até ao momento infetada é a região a norte do rio Douro e não é previsível que se possa estender para sul por razões climáticas, a sul do Douro a temperatura é superior e a vespa ainda não está adaptada a temperaturas mais quentes.
 
COMO RECONHECER UM NINHO DE VESPA VELUTINA?
 
• Usualmente os ninhos são construídos em árvores altas com alturas superiores a 5 metros, no entanto, já existem casos em que o ninho está em aberturas no tronco da árvore;
• Os ninhos podem atingir 1 metro de altura e cerca de 50-80 cm de diâmetro, sendo a entrada/saída da vespa velutina realizada por um orifício lateral ao ninho;
• Os ninhos são constituídos por fibras de madeira mastigadas, têm forma redonda ou em pera;
• Por norma, não faz ninhos em casas habitadas, não gosta do movimento de seres humanos.
Powered by: TextoVirtual.com