Notícias

Nome Grupo de Teatro de Arões estreia-se no Teatro-Cinema de Fafe
Data 2014-03-28 00:00:00 +0000
Foto-01
Texto 1

Numa noite memorável, em que se assinalava o Dia Mundial do Teatro, foram muitos os lugares vazios no auditório do Teatro-Cinema de Fafe, o que não impediu que nele se respirasse a poesia dos gestos, com uma programação variada (com a tragédia e a comédia a revezarem-se), assegurada por três grupos de teatro amador do Concelho e pelos atores do projeto «Fafe, Cidade das Artes».

 

Coube ao Teatro de Arões a honra de abertura, estreando-se neste palco com a representação do último dos sete quadros de «Bodas de Sangue», um dos dramas mais conhecidos do espanhol Federico García Lorca. Curiosamente, foi com outra peça deste escritor que o Grupo de Teatro de Arões principiou a sua atividade em 2008, na altura com uma encenação de «A Casa da Bernarda Alba». Não surpreendeu, por isso, o perfume poético e simbólico que uniu o elenco (dezasseis atrizes, algumas das quais estreantes absolutas) à assistência, recriando o desfecho trágico de um amor proibido e o contexto opressivo (religioso e socialmente castrador) da Espanha rural de inícios do século XX.

 

João Ricardo Lopes, que traduziu esta obra e que juntamente com Regiane Nogarolli teve a seu cargo a sua encenação, mostrou-se “encantado” com o desempenho do elenco aronense: “Assistimos a algo que no final soube a pouco, tal a densidade das cenas e o modo como as nossas atrizes souberam interpretar a poesia de Lorca. Não há dúvida que este momento ficará guardado na nossa memória para sempre! É o resultado de um trabalho intenso, que só foi possível com a preciosa ajuda da Regiane, da Patrícia Abreu, do Sr. António Soares e da Carina”.

 

As atrizes participantes foram Maria de La Salete Oliveira (Mãe do Noivo), Isabel Lopes (Noiva), Leonardo (António Soares), Paulo Silva (Noivo), Manuel Santos Costa (Pai da Noiva), Rosa Costa (Sogra de Leonardo), Maria Esmeralda Alves (Mulher de Leonardo), Marta Lopes (Criada / Vizinha), Laurinda Castro (Mendiga / Morte), Mariana Castro (Lua / Moça), Gabriela Fernandes (Moça), Ana Margarida Nogueira (Menina), Rúben Sousa (Moço), Pedro Cunha (Moço), Armindo Cruz (Lenhador), Jorge Freitas (Lenhador), David Fernandes (Lenhador), Elvira Soares Dias (Vizinha), Maria Isabel Costa (Vizinha), Maria Alice Costa (Vizinha), Aurelina Barroso Lopes (Vizinha), Gracinda Costa Carneiro (Vizinha), Emília Costa Carneiro (Vizinha) e Inês Fernandes Freitas (Filha da Vizinha).

 

O serão contou seguidamente com a atuação do grupo ARA do Bugio, que interpretou uma rábula, a partir da conhecida série televisiva «Lições do Tonecas», cabendo ao Grupo de Teatro de Travassós levar a cena «As Pancadas da Troika». Finalizou a noite o projeto «Fafe, Cidade das Artes» com uma encenação livre da conhecida lenda popular concelhia «Bicha das Setes Cabeças», a partir do texto «Zé do Pipo», de Moncho Rodríguez.

 

© Fotos: Manuel Meira/ C. M. Fafe

Powered by: TextoVirtual.com